quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Natal ou Carnaval?


Como assim? Foi minha pergunta ao ouvir um jovem dizer ao outro numa loja de enfeites para decoração natalina: “sabe qual a diferença do carnaval e do natal? A fantasia, só que prefiro o carnaval, pelo menos não dou presente pra ninguém!!!”

Como podem imaginar, fiquei chocada...

Caminhamos para a total falta de referência quanto aos verdadeiros símbolos e seus significados.

No ano passado, ao entrar nessa mesma loja para as compras, me deparei com um sentimento de descontentamento, ainda que envolvida pelas belas bolinhas de diversas cores, texturas, fitas das mais diferentes e nada me “levou a lugar nenhum”.

Não consegui achar algo que apontasse para o verdadeiro significado do Natal.

 Algumas pessoas estavam motivadas apenas em comprar os enfeites para decorar a casa para mais um Natal.

 Mas tudo isso me fez refletir sobre o que realmente devemos comprar ou fazer para adornar nossas casas, e no meu caso específico, ornamentar a Igreja .

 Ao chegar em casa,  abri a sacola e lá estavam algumas bolas cintilantes, fitas decoradas  e folhagens com purpurinas...  Surpresa! Na mesma sacola veio junto aquele certo “ar de tudo igual” incômodo que  tomou conta de mim, e como nada fica sem explicação, conclui que na verdade, todos aqueles belos enfeites, eram apenas decorativos mesmo, criados com o objetivo apenas comercial, desprovidos do  verdadeiro significado, do significado maior :  JESUS NASCEU !

De acordo com a “tradição histórica”, as bolas simbolizam os frutos, as atitudes humanas e a Graça de Deus recebida diariamente.

Será que realmente sabíamos disso? E se sabemos, ao decorarmos nossas casas, refletimos sobre isso? 

Graças a Deus que há tempo para todas as coisas, para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu: tempo de nascer e tempo para morrer, de plantar e arrancar o que se plantou, tempo de derrubar e de construir, de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de guardar e tempo de jogar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de lutar e de viver em paz! Eclesiastes3:1-8

O mundo já sinalizou desde a cruz que prefere Barrabás, cabe a nós proclamar que já escolhemos Jesus!

O Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, Emanuel, Deus conosco.

Porque nasceu, viveu, morreu, ressuscitou e VIVE !

2 comentários:

  1. Querida Nina

    Como sempre bela e oportuna reflexão. Agora, não deixe seus seguidores tanto tempo sem ouvir de você. Essa é a minha única reclamação... rsrsrsrs


    Vinicius

    ResponderExcluir